1
Criar blog gratis

Você foi picado pelo bichinho dos blogs? Está pronto para passar o seu rascunho a limpo e apertar o botão Publicar? Maravilha! Mas quais plataformas oferecem a melhor solução para criar um blog gratuito?

Como você pode imaginar, existem dezenas de criadores de blog grátis e nem todos seguem o mesmo procedimento. Por isso, o mais adequado para o seu caso vai depender das suas necessidades:

  • Você quer alcançar um público vasto?
  • Quer participar de uma comunidade de pessoas que pensam como você?
  • Quer organizar suas palavras da melhor forma possível?
  • Quer ganhar dinheiro?
  • Precisa de um sistema multilíngue?

Não se preocupe, vou indicar uma boa opção para cada resposta. Mas, primeiramente, vejamos como montar um blog grátis:

Criadores de blog: como fazer um blog grátis passo a passo?

Tudo começa com o cadastro e costuma seguir essa ordem:

  1. Cadastrar-se numa plataforma (um e-mail geralmente é suficiente)
  2. Criar um nome de usuário
  3. Escolher um template de blog
  4. Criar um novo post
  5. Formatar (links, negrito, etc…) e adicionar mídias
  6. Apertar o botão Publicar

É isso! Pelo menos no caso das melhores soluções do mercado.

10 criadores de blog gratuito e seus prós e contras

Wix: O peso-pesado dos criadores

fazer blog gratuito wix

A Wix é o criador de site mais utilizado, mais conhecido e mais recomendado no nosso repertório. Eles decidiram propor um plano grátis tentador, e isso também se aplica caso você queira criar um blog grátis em português.

Na verdade, o criador de blog sem custo apresenta algumas limitações em comparação com os planos pagos. Vejamos o que você pode obter por $0 por mês:

Prós de um blog Wix grátis:

  • Uma variedade incrível de templates
  • Ótimo para blogs com fotos e imagens
  • Acesso a uma biblioteca de imagens sem royalties
  • Acesso total à melhor app store de criadores de site
  • E-mail marketing básico e recursos de redes sociais
  • Opção de personalização completa do SEO
  • Aplicativo Wix para postar / gerenciar à distância
  • Suporte em português

Limitações de um blog grátis Wix:

  • Anúncio estático chato (ruim em computador fixo, um pouco melhor em celular)
  • 500 MB de armazenamento
  • Nome de domínio longo: nomedaconta.wix.com/nomepersonalizado
  • Os leitores precisam se cadastrar para comentar

E se eu quiser um upgrade?

Para retirar os anúncios, você vai precisa do plano Combo ($13/mês). Inclui um domínio grátis por um ano e impulsiona o limite de armazenamento até 3 GB.

> Teste a Wix gratuitamente

> Leia a análise completa

Webnode: Para blogs poliglotas

criar um blog gratis webnode

A Webnode é outra ferramenta para criar um site que permite montar um blog. Ela não se destaca muito nesse quesito, exceto por um recurso: você pode ativar vários idiomas para as suas páginas e posts, mas não com o plano grátis.

Tirando isso, o editor de arrastar-soltar é decente e os templates, modernos e responsivos. Você pode anexar uma pequena loja virtual, que é bem organizada, mas não extraordinária.

Prós de um blog Webnode grátis:

  • Templates estilosos
  • Anúncio pequeno
  • Fácil e intuitivo
  • Suporte em português

Limitações de um blog Webnode grátis:

  • 100 MB de armazenamento
  • 1 GB de largura de banda
  • Sem seção de comentários

E se eu quiser um upgrade?

Existem dois planos pagos (Limited e Mini) que permitem se conectar ao seu domínio, mas você vai precisar do plano Standard, por $11.95/mês para retirar os anúncios.

> Teste a Webnode gratuitamente

> Leia a análise completa

Weebly: Flexibilidade e recursos completos de graça

criar blog gratis weebly

O Weebly não é bem um nome conhecido no mundo dos blogs, e acho isso uma vergonha. Sua solução de blog é excelente, com uma grande flexibilidade e opções de personalização na ponta dos dedos.

Considere que, apesar de a ferramenta estar disponível em português, não existe suporte neste idioma.

A URL do seu blog vai ser do tipo “onomedomeublog.weebly.com” e os templates são bonitos. Você também tem acesso ao app market do Weebly, mesmo com o plano grátis. Seguem os prós de usar essa plataforma para criar um blog grátis personalizado:

Prós de um blog Weebly grátis:

  • Provavelmente um dos melhores editores de arrastar-soltar para blogs (você pode colocar e movimentar os elementos facilmente e como quiser)
  • Temas responsivos legais e gratuitos
  • Boas opções de SEO
  • Compartilhamento em redes sociais
  • Agendamento de posts

Limitações de um blog Weebly grátis:

  • Anúncio grande e intrusivo
  • 500 MB de armazenamento
  • Restrições de mídia (sem recurso de áudio ou vídeo)
  • Não permite o cadastro de usuários
  • Não tem suporte em português

E se eu quiser um upgrade?

O primeiro plano a abandonar aquele anúncio chato é o Pro, por $12/mês. Com ele você também desfruta de um nome de domínio grátis por um ano e proteção SSL.

> Teste o Weebly gratuitamente

> Leia a análise completa

WordPress.com: A força motriz dos blogs

blog gratuito.wordpress com

Bom, primeiramente, existe a distinção entre o WordPress.com e o WordPress.org. Para não se confundir, lembre-se dessa dica:

  • WordPress.com – oferece um site completo com hospedagem.
  • WordPress.org – você precisa organizar a hospedagem sozinho.

Aqui vamos abordar a opção “.com”. Basicamente, é uma plataforma na qual você pode escolher um plano grátis ou pago e começar a usar o WordPress imediatamente. A hospedagem vem incluída e o software, pré-instalado. Portanto, nada precisa ser configurado.

Apesar de ele ser muito mais fácil na hora de começar, também existem mais entraves. Isso se aplica ainda mais ao plano grátis:

Prós de um blog WordPress.com grátis:

  • Boa gestão de textos e mídias
  • Editor rápido e responsivo
  • Templates bonitos e adaptados para dispositivos móveis
  • Agendamento de posts
  • Jetpack (inclui SEO básico, proteção contra spans e posts automáticos nas redes sociais)
  • Upload de posts de aplicativos em dispositivos móveis e fixos
  • Ótimas funções de importação/exportação

Limitações do plano WordPress.com grátis:

  • 3 GB de espaço de armazenamento
  • Exibe anúncios do WordPress
  • Variedade restrita de temas
  • Opções básicas de personalização de temas (cores, fontes, mas pouco mais do que isso)
  • Não é possível instalar plugins

E os templates de blog grátis no WordPress.com?

Existem cerca de 80 temas sem custo. A escolha é ampla e todos eles são rápidos, bonitos e responsivos. Mas saiba que você não terá todas as opções de personalização (CSS e HTML), a menos que passe para um plano superior. Além disso, os templates premium não constam no plano grátis.

E se eu quiser um upgrade?

O plano Blogger é bom, por 3 €/mês. Ele vem sem anúncios, com armazenamento aumentado de 6 GB e suporte por e-mail e chat ao vivo. Você também obtém um domínio “.blog” gratuito por um ano.

Para se conectar ao seu domínio, escolha o Personal (5 €), ou o Premium ($8) para mais opções de temas.

> Teste o WordPress gratuitamente

WordPress.org: Extremente poderoso, mas só um software

wordpress org criar um blog gratis

Agora, vejamos o software que você pode encontrar no WordPress.org. Vale a pena repetir: esse é só um software, você vai precisar instalá-lo no seu próprio servidor (hospedagem). Mas ele também é de código aberto (grátis) e um dos sistemas de gerenciamento de conteúdo mais poderosos que existem.

Ao contrário da versão com hospedagem, você tem acesso a todos os recursos possíveis. E pode ir bem longe com um software gratuito, plugins gratuitos e templates gratuitos. Vejamos o que mais o software WordPress.org tem para oferecer:

Prós do software de blog grátis WordPress.org:

  • Um dos sistemas de gerenciamento de conteúdo mais poderosos do mercado
  • Acesso a centenas de plugins interessantes (grátis e pagos)
  • Instalar qualquer tema que você quiser (grátis ou pago)
  • Recursos completos de SEO
  • Expandir o seu blog como achar melhor
  • Uma comunidade grande

Limitações do software de blog grátis WordPress.org:

  • Necessidade de comprar a sua própria hospedagem (embora alguns blogueiros gostem de ter esse controle)
  • Relativamente complexo para iniciantes
  • Necessidade de atualizar manualmente (para ser franco, a maior parte do tempo basta clicar em alguns botões)
  • Sem suporte oficial

Confira o nosso tutorial para começar com o WordPress

Medium: Plataforma minimalista para a palavra escrita

medium free blog maker 1

Lançado em 2012 por um dos fundadores do Twitter, o Medium.com tenciona mudar o modelo de blog atual. O objetivo é criar um lugar que recompense a escrita de qualidade. Não vem com anúncios, mas os leitores são motivados a pagar uma assinatura. As taxas de cadastro são divididas entre os escritores, com base em critérios como conta de assinante, engajamento e palmas (o equivalente das curtidas).

Blogar com o Medium não poderia ser mais fácil. Na verdade, seu estilo minimalista e sem supérfluos tem se tornado o padrão que cada blog deveria tentar seguir. A tipografia é colocada acima de tudo, sem distrações ou firulas visuais. Podemos dizer que ele é feito por pessoas que amam escrever para pessoas que amam ler.

O Medium também é mais do que um blog: é uma comunidade. Com 60 milhões de usuários atualmente, os seus posts vão encontrar um público, mesmo que pequeno no início.

Para terminar, um aviso: na minha opinião, o Medium é uma das melhores plataformas para blogueiros, mas com certeza não é o melhor criador de blog. Você não tem quase nenhum controle quanto ao design, as opções de personalização, os recursos e as ferramentas.

Prós de uma conta Medium grátis:

  • Tipografia bonita e minimalista
  • Ser (potencialmente) pago pela sua escrita
  • Fácil de se cadastrar e configurar
  • Sem anúncios
  • Plataforma reputada (usada por jornalistas renomados, empreendedores, políticos e escritores)
  • Possibilidade de publicar conteúdo dos seus outros blogs

Contras de uma conta Medium grátis:

  • Nenhum controle do design
  • O Medium continua insistindo para que os leitores baixem o seu aplicativo
  • Difícil de conseguir tráfego de mecanismos de busca
  • Não é bom para blogs com fotos
  • Sem nome de domínio pessoal
  • Centrado em um nicho: inadaptado para blogs casuais
  • A comunidade não é focada no Brasil

LinkedIn: O novo lugar para blogs de negócios

linkedin free blog maker 1

Talvez você conheça o LinkedIn por uma dessas duas características: o rei dos spams de convite (em inglês) ou a rede social para negócios empresariais. Mas ele também é uma plataforma de publicação cada vez mais conhecida para escrever sobre assuntos como empresas, empreendedorismo, finanças, entre outros.

É grátis, pouco complicado e pode impulsionar o perfil da sua empresa exibindo seus artigos para profissionais da sua área. Como o Medium, aqui é um bom lugar para blogar, mas não um bom criador de blog em si. Você não pode escolher o template nem controlar o design. Com material e hospedagem da marca LinkedIn, a transferência do seu conteúdo para outras plataformas é dificultada.

Prós de uma conta LinkedIn grátis:

  • Excelente para o relacionamento entre empresas
  • Plataforma respeitável
  • Editor simples
  • Alcance de público (primeiro os seus contatos, depois talvez outros profissionais)

Contras de uma conta LinkedIn grátis:

  • Bom apenas para escrita corporativa / empresarial
  • Sem conexão com o seu domínio (mas você pode pedir uma URL pública no LinkedIn – em inglês)
  • Sem opções de personalização
  • E-mail marketing agressivo (para os seus contatos)

Jimdo: Anúncio pequeno, bons recursos

jimdo blog gratis

O foco do Jimdo é a facilidade de uso. O mesmo vale para o blog deles, ainda que não inclua tantos recursos quanto os seus concorrentes diretos, como a Wix ou o Weebly.

Uma das principais vantagens da plataforma é o seu editor. Superintuitivo, fácil de usar e ótimo para iniciantes que querem montar um blog bonito.

Prós de um blog Jimdo grátis:

  • Páginas e posts ilimitados
  • Possibilidade de se conectar a uma loja virtual gratuita (5 produtos no máximo)
  • Apenas um pequeno anúncio
  • Aplicativo móvel para postar / editar o seu site à distância

Limitações de um blog Jimdo grátis:

  • 500 MB de armazenamento
  • Pequena variedade de templates
  • Restrições de SEO no plano grátis
  • Indisponível em português

E se eu quiser um upgrade?

O plano inicial é o Jimdo Pro por $10/mês. Os anúncios são removidos e você pode se conectar com o seu próprio domínio. Você também ganha um domínio gratuito por um ano.

> Testar o Jimdo gratuitamente

Blogger: O dinossauro do blog do Google

blog gratuito blogger

Eu quis incluir o Blogger nessa lista porque ele ainda é um serviço conhecido fornecido pelo Google. Mas, sinceramente, tem sido cada vez mais difícil recomendá-lo para alguém que esteja começando a blogar nos dias de hoje. Receio que logo ele se junte ao cemitério de produtos abandonados do Google.

O principal motivo? Ele tem 15 anos, e dá para perceber. Às vezes os templates levam tempo para carregar. Não houve nenhuma inovação no produto há anos. Em 2018, só um post do blog oficial.

Mas, ainda assim, não esqueçamos que usá-lo pode apresentar algumas vantagens:

Prós de um blog Blogger grátis:

  • Totalmente grátis e sem anúncios
  • Espaço de armazenamento ilimitado
  • Análises embutidas
  • Integração com outros produtos do Google

Limitações de um blog Blogger grátis:

  • Back-end antigo
  • Demora para carregar às vezes
  • Variedade escassa de templates
  • Poucas opções de personalização

Tumblr: Microblog e rede social

tumblr free blog maker 1

A compra do Tumblr pelo Yahoo pela módica soma de $1,1 bilhão em 2013 deu o que falar. Na verdade, você deve conhecer os usuários do Tumblr por sua devoção. A comunidade lá é muito unida, engajada e propensa a controvérsias.

Porém, seu banco de usuários é seu maior ativo. O site recebe 550 milhões de visitantes mensalmente e hospeda mais de 459 milhões de blogs. Ele foi criado para funcionar como uma rede social, na qual você é convidado a postar o conteúdo de outras pessoas, seguir o feed delas e geralmente comentar e compartilhar o trabalho de terceiros.

Mas como é o blog na verdade? Você vai achar bem pequeno e especializado. O Tumblr é a plataforma número 1 para microblogs, nos quais os usuários se concentram em conteúdos curtos e compartilháveis. Ele também é fortemente voltado para conteúdo visual, sendo adaptado para ilustradores, designers gráficos e fotógrafos (apesar de sua popularidade estar caindo por causa do Instagram).

Prós de um blog Tumblr grátis:

  • Totalmente grátis e sem anúncios
  • Interface intuitiva
  • Comunidade grande e ativa
  • Armazenamento ilimitado
  • Gerenciamento de conteúdo muito bom

Limitações de um blog Tumblr grátis:

  • 250 posts e 75 imagens por dia (ainda um número grande)
  • Os arquivos não podem exceder 10 MB, ou 1 MB para os GIFs
  • Inadaptado para posts longos
  • Sem análises ou SEO
  • Poucos temas grátis

E se eu quiser um upgrade?

Você pode conectar o seu Tumblr com um nome de domínio sem custo. Também existem temas premium que custam em média entre $9 e $49.

Menções honrosas: Ghost, Postachio, Pen.io e LiveJournal

ghost free blog maker 1

Antes de terminar, vejamos mais algumas opções para casos bem específicos. O Ghost é uma plataforma de publicação profissional fantástica se você busca publicações completas on-line. Mas considere que ela não está disponível em português. Talvez seja um pouco demais para um blogueiro sozinho, mas é uma ferramenta de código aberto poderosa. Planos pagos a partir de $29/mês para uma dupla e um teste gratuito disponível.

postachio free blog maker 1

O Postachio é um pequeno site que faz parte da família Evernote. Com ele é possível converter todo o seu conteúdo Evernote em um post de blog simples. Você pode se conectar com o seu notebook e marcar conteúdos públicos como #publish. Faltam alguns recursos, mas ele vem com comentários Disqus, integração de conteúdo e opção de armazenamento Dropbox. Mas esta é outra ferramenta disponível apenas em inglês.

Pen.io free blog maker 1Eu não sei se o Pen.io pode ser chamado de criador de blog, porque você só pode publicar uma página por vez. Mas ele é realmente único, já que você só precisa de um nome de página e uma senha para começar. Com certeza é o jeito mais rápido de postar algo na internet. Disponível apenas em inglês.

livejournal free blog maker 1

E por último, mas não menos importante, o LiveJournal, provavelmente a plataforma de blog mais antiga dessa lista (criada em 1999!). O back-end reflete a idade que tem, mas a comunidade de usuários investidos é o que faz dela um lugar interessante para trocar ideias e refletir diariamente.

Mas espera aí, por que elas são grátis?

Essa é uma boa pergunta! Depende da plataforma, mas geralmente costuma ser por um desses três motivos:

  • Elas têm uma opção paga e esperam que você faça um upgrade depois (modelo freemium)
  • Elas querem aumentar seu banco de usuários em busca de anunciantes / acionistas / investidores
  • Elas exibem o logotipo / a identidade de marca no seu blog grátis e, assim, você faz propaganda de graça

Mais alguma limitação?

Sim, infelizmente. Nos modelos freemium mencionados acima, os provedores vão frear a quantidade de recursos para incentivar a compra de um plano. As limitações típicas são:

  • Sem nome de domínio profissional: o seu blog será hospedado com a denominação www.o-nome-do-seu-blog.plataforma.com. Não parece um blogueiro que já encontrou seu lugar.
  • Não dá para retirar os anúncios: ou seja, outro sinônimo de “má qualidade”.
  • Armazenamento escasso: o espaço é limitado para os dados. Enquanto os textos são contados em kilobytes, imagens e outros arquivos são mais pesados.
  • Largura de banda restrita: se as suas palavras alcançarem muita gente, você vai atingir um teto mensal e o seu blog será tirado do ar.

Posso ganhar dinheiro com o meu blog grátis?

Na maioria dos casos, sim. É possível ativar uma rede de anúncios (como o AdSense) e publicar links de marketing afiliados, mesmo nos planos grátis.

Porém, existem barreiras, por exemplo, com o WordPress e o Medium. Este último tem um sistema específico de monetização, sobre o qual você pode saber mais abaixo. Não se esqueça de ler os termos e condições do serviço se você está planejando implementar a monetização desde o começo no seu blog.

E o SEO?

Se você quer contar com o tráfego do Google e outros mecanismos de busca, boa sorte! Apesar de ser possível se posicionar bem com um criador de site, vai ser uma tarefa árdua com as opções grátis. O motivo? Os mecanismos de busca gostam de nomes de domínio próprios. E para isso você tem que pagar, não existe outra solução.

Depois, há também outros problemas. O desempenho da otimização para mecanismos de busca é melhor seguindo formatos estruturados de páginas, e as plataformas grátis nem sempre fornecem isso (URL de página, tags de título, meta-descrição, etc.).

E como abordamos na nossa análise dos melhores criadores de site grátis: se o SEO é importante para você, melhor escolher uma versão barata do que gratuita.

Considerações finais sobre os melhores criadores de site atuais

Portanto, como fazer um blog grátis? O melhor blog grátis? Com os criadores de blog gratuitos, é meio a meio. Se eu tivesse que escolher, diria que o Weebly ou a Webnode são as melhores alternativas pela facilidade de uso e os recursos.

Porém, um dos maiores desafios para os blogueiros principiantes é encontrar um público. Frequentemente você vai sentir que está postando à toa, e é aqui que se juntar a uma comunidade pode ser um enorme estímulo. É por isso que digo que o Medium é provavelmente uma das melhores plataformas para blogs, o que é muito diferente de ser o melhor criador de blog.

Então, resumindo, tudo depende do que você quer:

  • Encontrar a melhor combinação de recursos e facilidade de uso: escolha a Webnode ou a Wix.
  • Criar um blog bonito: a Wix e o Weebly têm ótimos templates inovadores. 
  • Ser pago pela sua escrita: o Medium ganha essa.
  • Ganhar impulso e encontrar leitores: o Medium para blogs de nicho. O Tumblr para posts com muitas imagens.
  • O sistema de gerenciamento de conteúdo mais robusto: o WordPress.org é uma grande ferramenta padrão do setor para aprender. Além disso, você pode exportar o seu blog facilmente para outras plataformas depois.
  • Atrair tráfego com SEO: o WordPress, a Wix e a Webnode são opções muito boas.
  • Usar o seu blog para fazer networking: o LinkedIn é o seu melhor amigo.
  • Criar um blog multilíngue: a Webnode é a melhor (mas não é grátis).

Para terminar, se você quer montar um blog completo sem custo, lembre-se de que a Wix, o Weebly e o Jimdo não são suas únicas opções. Confira o nosso guia sobre os criadores de site grátis aqui, porque a maioria deles permite anexar um blog simples de graça.

Pronto para começar? Não antes de ler o nosso artigo sobre como criar um blog de sucesso!

Comentários

Voltar para o topo